Oração Salve a Rainha

No Comments

A salve rainha, do latim, salve Regina é um hino mariano e uma das quatro antífonas marianas cantada em diferentes períodos do calendário litúrgico da Igreja Católica. A autoria deste hino é concedida ao monge Hermano Contracto, que teria feito a sua composição no mosteiro de Reichenau, no Sacro Império Romano-Germânico, por volta do ano 1050.

O Frei teria passado muitas necessidades desde o seu nascimento, e quando adulto escrevia com certa dificuldade. No contexto da obra, a Europa central passava por calamidades naturais, epidemias, miséria, fome e a ameaça contínua dos povos nômades do Leste, que invadiam os povoados, saqueando-os e matando. Motivado pelas dificuldades que passou e pela situação que estava sendo vivida, Hermano Contracto escreveu o hino.

Segundo relatos, quando o Frei nasceu, foi detectado o raquitismo e a má-formação, então sua mãe o consagrou para Maria. Frei Contracto foi educado em devoção a ela. Quando já tinha idade suficiente, foi levado até Reichenau, onde se tornou o mestre dos noviços.

Quando a oração se tornou conhecida pelos fiéis, fez muito sucesso. Logo os fiéis do mundo inteiro já estavam rezando e cantando em diversos lugares. Nos anos de 2007 e 2008, o Museu de Arte Sacra e Etnologia de Fátima levou a exposição iconográfica “Salve Rainha, Mãe da Misericórdia!”.

A oração:

“Salve Rainha, Mãe de Misericórdia,

Vida, doçura e esperança nossa, salve!

A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva.

A Vós suspiramos, gemendo e chorando

Neste vale de lágrimas.

Eia, pois, advogada nossa,

Esses Vossos olhos misericordiosos

A nós volvei,

E, depois desse desterro,

Mostrai-nos Jesus, bendito fruto do Vosso Ventre.

Ó Clemente, Ó Piedosa, Ó Doce Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.”

Categories: Religião